10/06/2022

O que é franquia? Vale a pena?

O que é franquia? Será que vale a pena investir? Ou será que é “furada”? Essas são apenas algumas das diversas dúvidas que pessoas que desejam empreender e ter o próprio negócio já se fizeram em algum momento.

Por isso, se você é uma delas e está em dúvida se vale a pena ou não investir em uma franquia, não deixe de acompanhar as informações que separamos neste artigo.

Até porque, se você está pensando em abrir uma franquia, é muito importante que você conheça tudo sobre esse negócio antes de fazer qualquer tipo de investimento. Veja!

o-que-e-franquia

O que é franquia

Franquia é o nome dado a um modelo de negócio em que uma empresa concede seus direitos a uma pessoa para que esta tenha uma unidade da marca para vender produtos ou prestar serviços.

Basicamente, trata-se de uma marca que já teve seu modelo de negócio testado e aprovado pelo mercado, e que, por isso, pode ser replicado de modo padronizado.

Exemplos de franquia

Alguns exemplos de franquia são

  • Boticário
  • Cacau Show
  • Chilli Beans
  • CVC
  • Fisk
  • Imaginarium
  • Kumon
  • McDonald’s
  • Mundo Verde
  • Óticas Carol
  • Subway

Entre outras grandes marcas.

E agora que você já sabe o que é franquia, entenda a seguir quais são as principais vantagens e desvantagens desse modelo de negócio.

Principais vantagens de uma franquia

Marca consolidada

A primeira vantagem de se investir em uma franquia, é que você trabalhará com uma marca consolidada, ou seja, com uma marca que já é conhecida pelos consumidores.

Logo, é mais fácil ter a confiança dos consumidores e fazer vendas, afinal, eles já sabem o que esperar da empresa. Você não precisa provar que a marca é boa, que o produto ou o serviço é bom. O mercado já conhece.

Por isso, inclusive, se você for investir em uma franquia, é importante escolher uma que tenha uma boa reputação.

Padronização

Como citamos no início do artigo, investir em uma franquia significa investir em um negócio estruturado, já padronizado. Ou seja, você não precisará criar algo do zero — o que ajuda e facilita em diversos aspectos.

Variedade de segmentos

De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o mercado de franquias cresceu 10,7% em 2021, faturando R$185 bilhões (número bem próximo dos resultados de 2019, ano em que não havia pandemia).

Ou seja, trata-se de um mercado grande, enorme. E justamente por isso, há uma boa variedade de segmentos para você ter a sua franquia.

Então, você pode ter desde um negócio no ramo de alimentação, saúde, beleza e bem-estar até um negócio no setor de casa e construção.

Uma dica importante para você que quer abrir uma franquia, é optar por um negócio que você já tenha algum tipo de conhecimento e afinidade.

Suporte

Outra vantagem de se abrir uma franquia, é que você terá todo um suporte da franqueadora para que o seu negócio prospere e seja bem-sucedido.

Então, você não ficará “perdido” e sem saber o que fazer. Uma pessoa, uma responsável pela franquia, irá auxiliá-lo e orientá-lo nas mais diversas áreas do negócio. Tudo para facilitar o seu sucesso.

Manual e plano de negócio

Pegando gancho com o que foi dito no tópico acima, outra vantagem de se investir em uma franquia, é que nesse modelo de trabalho já existe um plano de negócio, ou seja, um manual passo a passo que mostra como você deve trabalhar.

Acompanhamento (controle de qualidade)

Tendo suporte e as orientações necessárias, você estará no caminho certo para ter sucesso com sua franquia. Contudo, a ajuda não para por aí.

Isso porque, ao investir em uma franquia, você também terá um acompanhamento para controle de qualidade, em que a franqueadora avaliará e acompanhará o desempenho da sua unidade.

Assim, ela poderá verificar em quais aspectos o negócio está indo bem e em quais pontos é necessário fazer mudanças e melhorias.  

Além disso, dependendo da franqueadora, você e seus funcionários podem receber treinamentos e até mesmo apoio jurídico, se necessário.

Porém, nem tudo são flores, e a seguir você confere as principais desvantagens de uma franquia.

Principais desvantagens de uma franquia

Limitação

A primeira desvantagem de uma franquia é que você não pode mandar totalmente no negócio, ou seja, não dá para fazer tudo do seu jeito, afinal, como já explicamos, há padrões e regras definidas pela rede que você precisa seguir nesse modelo de negócio.

Custo

Apesar de existirem diversas franquias com valores mais em conta, ainda sim é necessário desembolsar uma quantia significativa de dinheiro para ter esse tipo de negócio. 

Além disso, você precisa pensar no capital de giro. Não adianta fazer apenas o investimento inicial exigido pelo franqueador. Isso é só o começo da operação.

Por exemplo, se uma franquia pede R$50 mil de investimento inicial, não quer dizer que você tendo esse dinheiro não será mais necessário arcar com nenhum outro gasto depois. 

Até que o negócio encontre um ponto de equilíbrio, você precisará sustentá-lo. Então, tenha em mente que o gasto normalmente é maior que o planejado.

Suporte

Talvez você esteja confuso agora pois colocamos o suporte como uma das vantagens de se investir em uma franquia. Porém, a verdade é que este item também pode acabar sendo uma desvantagem.

Isso porque, diversas franqueadoras fogem dessa responsabilidade. Ou seja, em vez de auxiliarem e darem orientações, muitas vezes elas fornecem apenas o básico a você.

Portanto, antes de fechar qualquer negócio, pesquise muito bem sobre a franquia e sobre o tipo de suporte que oferecem. Não tenha pressa para assinar o contrato.

Mas afinal, vale a pena investir em uma franquia?

De modo geral, sim, pois se trata de um mercado abrangente e bastante aquecido. Porém, para isso, é preciso fazer muitas pesquisas, analisar opções e considerar as vantagens e desvantagens de cada uma.

Assim, com base nesses pontos, você conseguirá tomar uma decisão mais acertada e que não te dará grandes dores de cabeça.

Alternativa: monte seu próprio negócio

Até aqui, você conferiu o que é franquia e quais suas vantagens e desvantagens, certo? 

Porém, como você viu, apesar desse modelo de negócio ser interessante para muitos empreendedores, ele não é perfeito, isto é, ele possui alguns obstáculos. E isso, claro, pode pesar na sua decisão.

Por isso, para encerrar o artigo, nós convidamos você a fazer uma reflexão: por que não tentar abrir o seu próprio negócio? Com seu próprio nome e regras/processos definidos por você?

Inclusive, se você precisar, saiba que pode contar com o auxílio e crédito da Inventa. Entre em contato conosco e saiba mais!