02/09/2022

Lista de produtos para mercadinho: o que não pode faltar

Muitos empreendedores que almejam ter a própria loja, consideram a abertura de uma mercearia ou de um mercado pequeno para ganhar dinheiro. Afinal de contas, esse é um negócio que pode ser interessante, desde que, claro, haja um bom planejamento, além de organização, dedicação e qualidade no trabalho prestado.

E muito disso, vale ressaltar, se passa pelo que é vendido, ou seja, pelos tipos de mercadorias que são comercializadas no estabelecimento. Agora, você saberia dizer o que não pode faltar em termos de produtos para mercadinho?

Se não souber exatamente, sem problemas, pois é sobre isso que vamos tratar no artigo de hoje!

produtos-para-mercadinho

Portanto, se você quer saber quais são os produtos para mercadinho que você deve investir para sua loja, confira, com atenção, as informações a seguir!

O que não pode faltar ao montar uma lista de produtos para mercadinho

Comercializar os itens certos em seu mercadinho é um passo de suma importância para atrair clientes e ter sempre consumidores comprando em seu estabelecimento, mesmo que ele não seja tão grande.

Para isso, separamos abaixo os principais produtos para mercadinho que você deve ter em sua loja, de acordo com cada seção para facilitar. Vamos lá?

Alimentos não perecíveis

Começando a lista, temos os alimentos não específicos. Nessa seção o que não pode faltar é:

  • Açúcar;
  • Arroz;
  • Café;
  • Farinha;
  • Feijão;
  • Macarrão;
  • Óleo;
  • Pipoca;
  • Sal.

O bom dos produtos dessa seção é que eles não geram muitas dificuldades em termos de conversação. Além disso, eles duram mais tempo do que outras mercadorias e, por isso, não vencem tão rapidamente.

Doces e guloseimas

Outra seção importante para o seu minimercado ou mercearia é a de doces e guloseimas. Sendo assim, procure fornecer alguns produtos que costumam fazer sucesso nessa categoria, como:

  • Balas;
  • Biscoitos;
  • Bolachas;
  • Bolos;
  • Chicletes;
  • Chocolates;
  • Cookies;
  • Doce de leite;
  • Gelatina;
  • Geleias;
  • Pirulitos;
  • Rosquinhas;
  • Tortas.

É difícil resistir quando estamos no mercado e nos deparamos com um corredor cheio desses produtos, não é mesmo?

Frutas, vegetais, grãos e leguminosas

Ainda no setor de alimentação, mas agora destinado a uma parte mais saudável, que envolve frutas, vegetais, grãos e leguminosas, é interessante que você comercialize em sua loja:

  • Abacaxi;
  • Alho;
  • Aveia;
  • Banana;
  • Batata;
  • Cebola;
  • Cenoura;
  • Ervilha;
  • Grão de bico;
  • Granola;
  • Lentilha;
  • Limão;
  • Maçã;
  • Manga;
  • Milho;
  • Pera;
  • Pimentão;
  • Quinoa;
  • Salsa;
  • Tomate;
  • Uva.

Observação: produtos de hortifrúti, como esses que citamos, devem, preferencialmente, ser sempre de boa qualidade e ser mantidos frescos. É o que os consumidores procuram quando vão comprar essas mercadorias.

Padaria, frios e produtos refrigerados

Para o café da manhã e, também, para o lanche da tarde, vender alguns produtos de padaria, frios e refrigerados faz total sentido para o seu mercadinho ou mercearia. Sendo assim, coloque na sua lista:

  • Achocolatados;
  • Bisnaguinha;
  • Cereais;
  • Danone;
  • Manteiga;
  • Margarina;
  • Mortadela;
  • Pão de cachorro-quente;
  • Pão de forma;
  • Pão de hambúrguer;
  • Pão de queijo;
  • Peito de peru;
  • Presunto;
  • Queijo;
  • Requeijão;
  • Salame;
  • Torrada.

Sorvetes e congelados

Devido à praticidade, outros produtos que não podem ficar de fora do seu minimercado ou da sua mercearia são os sorvetes e congelados. Exemplos:

  • Açaí;
  • Hambúrguer;
  • Lasanha;
  • Picolé;
  • Pizza;
  • Pote de sorvete;
  • Salsicha.

Bebidas

Até aqui você viu diversas opções de produtos que são relacionados à alimentação. Porém, o seu mercadinho ou a sua mercearia precisa também investir em algumas mercadorias para que os consumidores possam beber.

Dito isso, é interessante que você comercialize em seu estabelecimento:

  • Água;
  • Chás;
  • Energéticos;
  • Iogurtes;
  • Leite;
  • Sucos;
  • Refrigerantes;
  • Bebidas alcoólicas, como cerveja, vodka, vinho etc.

Higiene pessoal

Além de comercializar alimentos e bebidas em sua loja, é importante que você tenha uma seção destinada à higiene pessoal. Sendo assim, procure trabalhar com os seguintes produtos:

  • Absorventes;
  • Algodão;
  • Condicionadores;
  • Cotonetes;
  • Desodorantes;
  • Escova de cabelo;
  • Escova de dentes;
  • Gel;
  • Papel higiênico;
  • Pasta de dente;
  • Sabonetes;
  • Shampoos.

Limpeza

Por fim, mas não menos importante, outro tipo de mercadoria que não pode faltar em seu mercadinho ou mercearia são itens para limpeza. Por isso, é importante investir em:

  • Água sanitária;
  • Alvejante;
  • Amaciante;
  • Bacia;
  • Balde;
  • Desinfetante;
  • Detergente;
  • Esponja;
  • Luva;
  • Papel toalha;
  • Rodo;
  • Sabão (tanto em pó quanto em barra);
  • Vassoura.

Anotou tudo?

Além disso, para encerrar a lista, ainda há alguns outros produtos que vale a pena considerar para o seu minimercado ou mercearia, como: adoçante, fermento, ovos, mostarda, ketchup, maionese, temperos, azeite, sardinha, vinagre, papel alumínio, palito de dente, gelo e carvão.

Como você pode observar, há vários produtos para comprar para o seu mercadinho. Contudo, é válido ressaltar que você não precisa, necessariamente, comprar todos eles logo ao abrir a sua loja, ok?

Invista naqueles que façam mais sentido para você e para o seu público-alvo. Afinal, cada região pode ter uma determinada demanda. Além disso, vá fazendo testes e veja o que costuma vender bem, o que fica parado nas gôndolas e prateleiras etc.

Assim, aos poucos, você poderá ir fazendo ajustes até encontrar as mercadorias certas para o seu negócio!

A importância do preço adequado

Ao longo deste post, você conferiu quais são os principais produtos para mercadinho que você deve comercializar em sua loja.

Agora, vale ressaltar que, de pouco adianta você vender os produtos certos, se os preços cobrados por eles são abusivos, muito elevados. Nesse caso, ao invés de atrair clientes, você pode afastá-los.

Por isso, além de oferecer mercadorias de interesse e utilidade para a clientela, procure estabelecer preços adequados, que não vão “assustar” os consumidores e que ainda permitirão uma boa margem de lucro para o seu negócio, ok?

Assim, no final, todos saem ganhando! E a tendência é que o seu estabelecimento seja a opção número um quando consumidores precisarem de algum alimento, produto de higiene, de limpeza etc.

Isso, inclusive, também ajuda na fidelização, ou seja, a ter clientes que não vão comprar apenas uma vez em sua loja, mas duas, três, quatro, cinco e assim por diante — o que, claro, é ótimo para os negócios.

Por fim, para continuar os seus estudos e aprendizados sobre o assunto mercearia/mercadinho, que tal conferir um dos artigos relacionados abaixo? São conteúdos pensados em você e nas necessidades do seu negócio!